sábado, 29 de setembro de 2012

Era o vigésimo capitulo, para ser mais específica o décimo nono parágrafo, reservei uma página inteira apenas para dizer que, de todas as minhas má sensação a pior fora:

sinto-me órfã de você, (...)

E assim terminara meu livro, cujo você era a capa.


-r.

Nenhum comentário:

Postar um comentário