domingo, 29 de junho de 2014

De manhã cedo, 
os olhos dela são mais castanhos que o normal,
parecem tinta guache derramada em papel amassado. 
Ao entardecer,
 me parecem laranjados
lembrando a doce laranjeira que recobre os invernos chateados.
De noitinha,
 decaem para amarelo escuro arrastado, mas, sobretudo, permanecem com sua cor de costume: 
um amarelo com o mesmo fulgor do céu,
em dia de domingo ensolarado.

Sempre contigo,

b

- roberta laíne.

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Às vezes,
eu choro,
mas dificilmente as pessoas percebem isso,
a não ser quando eu grito em lágrimas:
EI, EU TÔ CHORANDO SABIAS?


- roberta laíne.

sexta-feira, 20 de junho de 2014



Enquanto houver livros, 
Nós existiremos ...

Sempre contigo,

b

ternamente, 

- roberta laíne.
Nunca soube escrever sobre mamãe e isso sinceramente me apavora ...

roberta laíne.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Ora Oi,
Ora Oi também;
Ora você quer namorar comigo?
Ora eu não posso te responder agora, você pode me esperar?
Ora, eu espero.
Ora, às vezes derramamos lágrimas.
Ora, às vezes existem mentiras, mas ora porque chorar?
Ora, você vai me abandonar
Ora, claro que não, eu vou te perdoar,
Ora eu te perdoo, saia do banheiro.
Ora são crises, eu vou te ajudar,
Ora, eu também choro e você me tira de banheiros imaginários,
Ora eu tenho medo de viagens,
Ora, eu moro longe,
Ora eu tenho medo do escuro.
Ora eu nem durmo
Ora, você promete não me abandonar?
Ora, eu não te abandono, se você ORAR.
Ora, eu oro.
Ora, comece a me mostrar,
Ora missa das 5,
Ora que bonito você orar,
Ora, eu sempre te digo, tens que me abraçar,
Ora só abraçar?
Ora, diz que me ama?
Ora eu te amo,
Ora vai comer,
Ora de comer?
Ora eu tenho que cuidar de ti
Ora do teu remédio.
Ora de dormir,
Ora, eu não consigo dormir,
Ora eu vou te ajudar,
Ora você promete?
Ora, eu vou me acordar quantas vezes você precisar,
Amor?
Oi amor?
Não tenho sono
Calma amor,
Feche os olhos, vamos encontrar,
Ora, eu te amo,
Ora, também.
Também?
Ta bom, EU TE AMO também.
Amor?

Ora, ela dormiu, enquanto eu orava...

eu te amo,

sempre contigo,

b.

ORA ...

P.S.: 
Ora, olhe para o calendário
Ora olhei,
Ora, que dia é hoje?
Ora, um mês de tua existência.


- roberta laíne.