quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Olharam para mim e disseram-me: Você tem que ser forte!
Assenti, e sorri absurdamente forçada, fora o riso mais triste que dei em toda a minha vida. Logo em seguida olhei ao meu redor, e concentrei meus olhos em uma janela que bailava o mundo lá fora, e eu aqui dentro parada. Aproximei-me de um espelho e olhei para mim, fiquei encarando meu reflexo; perguntei-me quanto mais de força eu teria que ter? Quanto mais era preciso? Estava eu ali, acabada, com os olhos mais baixos que a própria tristeza, já tinha dado toda força que havia dentro de mim, e ainda me pediram para ter mais! De onde? Onde eu encontraria mais forças? ... Derramei uma lágrima e meu reflexo duas, enxuguei e sorri pela segunda vez, este, fora o segundo sorriso mais triste de toda minha vida ..

-r

terça-feira, 30 de outubro de 2012



Agora, independentemente de quanto isto tenha me custado, aprendi a calar-me .

-r.

domingo, 28 de outubro de 2012

E no que diz respeito a ti, sempre criei coragens absurdas. Às vezes paro, e fico me perguntando: Como? Como tive e tenho a audácia de desafiar certos limites e leis físicas por causa de você. Um completo idiota que diz eu te amo, mas que não faria nem um quarto do que faço, e me irrito ao saber que tudo o que fiz e faço é natural, chegando a doer em mim a capacidade de me odiar, por não me dominar mediante a ti, e às vezes sufoca, sufoca bastante, o fato deu saber que, por ti, eu faria isto, e muito, muito mais do que até eu, possa imaginar.

-roberta. laíne.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012


Mesmo com medo da resposta, fui até o quarto dele e perguntei: PAI, você poderia ser pra sempre? Eu tenho medo sem você ..

-r. laíne.


Mas não se preocupe, sente-se e espere-me, abra seu livro favorito, e prepare aquela boa xícara de café para quando eu voltar..
Recomendo-te que faça café, és péssimo ao preparar leite, então não vamos arriscar. E não precisa fazer esta cara ao ler esse bilhete, tudo bem se ainda estiver zangado, mas desfaz esta cara que eu tão bem conheço, à proposito, continuas lindo. E sei que posso fazer tudo errado, e usar as piores palavras, mas se for por você, eu posso voltar, se for de teu grado 3 vezes ao dia, ou se preferir 3 vezes em cada hora, eu volto. Lerei Romeu e Julieta a você, e sorrirei dos teus jeitos ao se surpreender com minhas paixões por romances impossíveis e saber pronunciar palavras difíceis, sorrirei ao tentar te fazer pronunciá-las. Mas não se esqueça, abra seu livro favorito, aquele lhe dei depois de uma de nossas brigas, e leia, mesmo tendo todas as frases decoradas, mesmo sabendo que Marley morre no final, mesmo que em determinada parte você lembre do meu riso, mas leia. E prepare-me uma boa xícara de café, porque-eu-sempre-vou-voltar.

-r. laíne.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

O bicho Amor ..



Tô começando a achar que esse negócio de amor dura pra sempre mesmo! Bicho danado esse, quando te pega num quer mais te soltar.
Espécie única que nunca vi parecida. Assombra meus olhos, mas não dá nenhum pingo de medo. Coisa estranha que é boa de sentir, esse dando existe de verdade. Seu Manoel da fazendo ao lado disse que ele afeta o homem daqui do campo, e até mesmo aquele danado de apressado da cidade; e olha só eu agora, de antes deitada na relva para voando só de nele falar, que bicho estranho esse tal de amar..

-r. laíne.

Para cada UMA mentira sua, DOIS buracos em meu coração.

-r. laíne.

E mesmo que eu não mais quisesse agora estava sem jeito; Você já tinha tomado posse de minha alma..

-r. laíne.

terça-feira, 23 de outubro de 2012


Ela tinha tudo, e eu não tinha nada sem o riso dela ..

fragmentos de melhores amigos,

r.
E te olhar, e ficar te olhando, e te olhando, e olhando, e te olhando, assim olhando, até acabar a poesia ..

-r.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

[...]

Olha eu novamente, montando meus cacos.
Juntei pedaço por pedaço, e após completos, fui montá-los.
E montei, e remontei, e tentei de várias maneiras, mas algo estava errado;
Recriei então peças, despedi-me doutras, mas nada adiantou, não tinha jeito, ao montar-me novamente aparecia tua imagem.
Olha só você, até em meus cacos ..

-r laíne.

domingo, 21 de outubro de 2012

sábado, 20 de outubro de 2012

(...) É tão estranho quando me vem a imagem dele na cabeça, uma dubiedade paradoxal que me assusta, poesia dupla, ele, logo ele, justo ele, o que mais me fez feliz, foi também o que mais me incapacitou da felicidade.

-roberta laíne.
Larguei a xícara de café e comecei a escrever-te uma carta. Mais uma, porém, nesta apenas queria empilhar, uma questão de números, organização, empilhamento, ausência total de sentimentalismo nunca correspondido. Apenas empilhar.
Então amontoei um jorro de verbos desalinhados, que só faziam sentido a mim, que entendia aquelas sensações agridoces que era escrever a você, e ao término desta, pus involuntariamente um P.S. grafado em letras fracas, como se fosse meu âmago conversando com o papel, e me deixando alheia disto. Na verdade, era sim meu âmago irritado com estas pilhas de cartas a ti, que bravamente disse-me:
"Era de total relevância quando você me perdia por coisas bobas, e até mesmo por outras de alto valor de culpa, era tudo de total relevância, mas aí, não contente em me perder como o pavio esmaga a cera, você resolveu superar-se, e da pior maneira perdeu-me: para você mesma."

De meu âmago a ti,

-R. Laíne.
- Ei,
- Oi,
- Desculpe-me, não quero lhe interromper..
- O que houve?
- É só saudade .

-rl.

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Caso com a primeira pessoa que olhar para mim e disser: Eu te entendo.

-r.
Por ora, sou apenas ...
Apenas ...
Vieram inúmeras coisas em minha cabeça, das mais banais as mais significativas, mas a única que conseguir pronunciar fora:
Sou apenas,
um pedaço solto de sentimento ..

-r

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Tá bem?

Tá mal?

Tá com algum problema?

Mas tá tranquila?


Afinal com o que você tá?
Eu só tô.

- R. laíne.


Não sei se me preocupo,
Se me ocupo,
Não sei mais de mim ..

-r.
(...)

Ás vezes eu não sei mais o que fazer,
Aí eu não faço nada,
Absolutamente nada.
Como nessas quatro linhas ..

-r.

sábado, 13 de outubro de 2012



Não por perseguição.
Fechei a capa do livro que lia e comecei a imaginei que você estaria de fronte a mim, tirei meus óculos e disse-lhe:
" Não por perseguição, mas querendo ou não você jamais iriá me esquecer, minha imagem sempre dará um jeito de te perseguir não por perseguição. De mim, você não esquecerá, pois de mentira só marquei uma contigo e tive o prazer da pagar; não por perseguição, mas de poesia a ti enviei todas as minhas, e não por perseguição, mas eu,  fui a pessoa mais honesta que você encontrou em toda a sua vida ..

-r.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012


Quando vi essa imagem meus olhos começaram brilhar, e antes mesmo que você presuma que eu possa ser de outro planeta, quero dizer-lhe apenas o que imaginei: 
Imaginei milhares de coisas lindas, imaginei um cachorro gigante com um dono pequenino que tinha uma mochila como a minha, chamada formigo; imaginei, uma viagem pelo infinito que tinha cor de verde, com um céu todinho em alaranjado repleto de nuvens rosadas cor algodão doce; depois imaginei o cachorro gigante andando naturalmente por um oceano todo azul escuro, cheio de peixinhos cor de todas as cores, e a brisa com cheiro de café no bule que minha bisavó fazia...
Por fim, imaginei que o cachorro grande galopava em fantasia, em um lindo jardim que tinha cor de verde limão, depois começaram a sorrir com tamanha imensidão.

-roberta laíne.


(...)
Eu sonhei que você sonhava comigo,
mas era tudo sonho ...

-r.


E de repente meu celular vibra, olhei banalmente pensando ser uma das pessoas as quais conversava, porém era você,  aparecendo do nada, e dizendo o quanto era difícil praticar o ato de me esquecer,
Sorri, e respondi que as coisas mudaram, tudo era novo e difícil para mim, aprendi a ficar forte, forte até demais, porém sorri novamente e disse: fora um dos atos mais difíceis de minha vida te esquecer.
Ele me ligou logo em seguida, e disse que só queria escutar minha voz, continuei com a ideia de sorrir e fiquei sorrindo ao telefone, relembramos as ciladas que nos metemos e da tragédia que terminara nosso filme de romance/drama/terror. E antes de desligar,vibrantemente escutei que, eu ainda continuava a pessoa mais fofa desse mundo, e em resposta disse: você ainda continua o único que pode me salvar .

Até qualquer dia, Romeu.

-r.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

(...) e de repente você sorriu; parei, concentrei-me disfarçadamente, e memorizei o som do teu riso,
só pra ficar reproduzindo-o o restante do dia ...

-r.

Morro de medo ao ver um ser humano dizer "eu te amo" para outro; paro e fico me perguntando: será mesmo que esta pessoa sabe o significado, peso, relevância e a afins que um "eu te amo" carrega? (...)
Infelizmente eu não sei, e é por isso que morro, morro de medo quando vejo um ser humano dizendo "eu te amo" para outra pessoa ...

-r.


Aí de repente a gente muda, e certas coisas já não fazem mais efeitos sob a gente ,

-r.

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Minha segunda poesia concreta '-'

Será que                                                                          
     Que soa                                                              
                Como loucura.                                    
                              Achar que
                                            o sorriso
                                                     de uma pessoa,                                                                                                             Tem cheiro azul escuro?

                                                                                   -roberta laíne.

sábado, 6 de outubro de 2012



Foi bom ter voltado pra mim (...) é, eu precisava. De fato, minha solidão nunca conformou-se quando a algum tempo atrás mandei-a embora, e agora nem triste, nem feliz, apenas não estou, mas foi bom ter voltado pra mim ..

-r.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Então olharei para todos os meus amigos e direi:
"Eu não me importo! Que ele seja muito feliz com ela ou com as outras que um dia irão aparecer, para mim tanto faz, não sinto mais nada. Absolutamente nada!"

Falarei estas palavras treinadas tão bem, mais tão bem, que todos os meus amigos irão acreditar, todos eles, menos eu.

-r.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012



É poesia cega que só tem olhos para você ..

-r.
Até entendo,
são os meus erros não é mesmo? Meus erros, sempre
os meus erros, tem também a minha chatice não é? Ou deva ser a minha desordem,
agoniante, jeito estranho de fazer as coisas, é... e ainda tem minha calmaria
nos momentos difíceis, mas meu jeito, sempre o meu jeito, e sei que deve ser
difícil pra você tentar amar uma pessoa como eu, com este meu jeito,
Então aconselho-te,
procure alguém com outros trejeitos, porque este
jeito de meu jeito, nem eu posso aguentar,

- Adaptado por caroline freitas.

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

De fato eles sempre brigavam, xingavam-se, diziam barbaridades um para o outro, e chegavam a ficar um minuto inteirinho emburrados sem se falar, às vezes quando a briga era mais séria, passavam dias assim, um sem pronunciar nada ao outro, e havia também vezes que isto perdurava por um mês, o que eles costumavam chamar de "eternidade".
Então resolveram separar-se. Começaram um novo jogo que tinha um sério teor intitulado de: "recomeço".
No início, realmente parecia que um havia esquecido o outro e que estavam felizes com suas outras respectivas pessoas, era um "eu te amo" para tudo quanto era lado, agora estavam bem, pois esqueceram-se e esta era a maior prova de que nunca se amaram. De fato, era até bonito o parecer que ambos demonstravam, o problema é que este recomeço realmente apenas... parecia!
Descobriram isto quando o tempo resolveu alongar-se e o cheiro de terra molhada lembrava quando eles faziam amor, começaram a sentir uma tal de saudade, um sempre dava algum jeito de procurar o outro, seja para dizer um oi, seja pra suplicar por um abraço. E eles se procuravam, porém era tudo muito discreto, um não podia saber que o outro estava a sua procura, era a busca mais silenciosa do mundo.
Sentiam ciúmes absurdos  um do outro,
mas tudo sempre as escondidas, tudo muito bem camuflado, pois eram orgulhosos demais para admitiriam que, um precisava absurdamente do outro para sorrir. Mas aprenderam este camuflar, e sempre estavam escondendo o jogo para as pessoas e como pior de tudo, para si próprios. E para piorar mais ainda descobriram um novo jogo, chamado de: tanto faz a vida dele;
E assim continuam, não se sabe até quando,
Quem sabe um dia eles param... ou talvez entendam que, doa a quem doer eles nunca se deixaram, nunca falharam um sequer dia sem pensar um no outro, e no final das contas se existe ou não conto de fadas, se existe ou não o amor, eles acabaram de inventar .

-r.


Então é, restou-me esperar. Vai que um dia por ironia do destino ou a mando de Deus eu encontre alguém, alguém que também resolveu esperar por ironia do destino ou a mando de Deus, é ..

-r.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

É super normal, eu simplesmente gosto de você. Assim normal, super normal entende? Parece que já vem de mim, de meu âmago, algo do tipo a priori,  meio que quando nasci já vim predestinada a ter certa altura, certa tonalidade na cor de meus olhos e cabelos, e esta bendita naturalidade de gostar de você,
Entende?
Na verdade, é tão simples que se torna até difícil de se entender, mas é assim: Eu gosto de você assim normal, super normal, nada forçado, sem complicações, simplesmente te olho, e sei que sou absurdamente apaixonada pela normalidade que é gostar de ti.

-r.

segunda-feira, 1 de outubro de 2012


Acho bonito o fato de te ver sorrindo, e não contentar-me de alegria sem ao menos estar feliz.

-r;


É que sozinha eu não vou conseguir, entende?

-r.


Até entendo, 
são os meus erros não é mesmo? Meus erros, sempre meus erros, tem também a minha chatice não é? Ou deva ser a minha desordem, agoniante, jeito estranho de fazer as coisas... e ainda tem minha calmaria nos momentos difíceis, mas meu jeito, sempre meu jeito, e sei que deve ser difícil pra você tentar amar uma pessoa como eu, este meu jeito, 
Então aconselho-te,
procure alguém com outros jeitos, porque este jeito de meu jeito, nem eu posso aguentar,
-r .