sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Então olharei para todos os meus amigos e direi:
"Eu não me importo! Que ele seja muito feliz com ela ou com as outras que um dia irão aparecer, para mim tanto faz, não sinto mais nada. Absolutamente nada!"

Falarei estas palavras treinadas tão bem, mais tão bem, que todos os meus amigos irão acreditar, todos eles, menos eu.

-r.

Nenhum comentário:

Postar um comentário