terça-feira, 28 de julho de 2015

Algumas pessoas vem, outras voltam, há aquelas que vem e voltam e infelizmente há ainda aquelas que nunca vem, ou nunca voltam...

- roberta laíne.

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Você me proporcionou coisas que eu só via em fotografias, telenovelas, discos estrangeiros, rimas ricas.

- roberta laíne.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Disse-me que ia voltar, mas não voltou...
Tudo bem, não sou um quadro admirável, nem uma fotografia das mais aprazíveis, mas tu dissestes que ia voltar, e não voltou!
Teu café esfriou, teus lençóis viraram convite para o mofo, teus livros alimentos pras traças e eu pareço mais um trapo, usando a mesma roupa desde tua partida, porque tu disses que voltaria?
O disco do Chico Buarque furou, aquele pé de maçã que tu plantestes morreu, e a nossa fotografia mais recente borrou, deformou meu rosto, agora só resta você, você onde não está! Sempre achei admirável essa capacidade do ser humano de dizer que vai estar onde não vai estar, "onde" de lugar mesmo, tipo num bar, num lar, numa praça, numa taça, numa canção. Tu dissestes que ia voltar, mas não.

- roberta laíne.