quarta-feira, 26 de setembro de 2012

trigésima primeira carta para ele...



Preciso te falar uma coisa, mas não sei se deveria, é que ... sente-se e ouça por favor: passei eu o dia pensando em você. Isso, com ênfase nos dois pontos. Comecei pensando em como acordou, na realidade, pensei bem antes, e me desculpe o atrapalho na ordem dos fatos, você me conhece sou meio que assim, mas pensei em você bem antes de acordar, pensei em como dormiu. Pensei se comeu no decorrer do dia, se alguém te irritou no período da tarde, se sentiu mais frio que calor, ou o contrário. Pensei em saudade, pois pensava eu que depois de 5 meses sem te ter, jamais iria conseguir voltar a pensar em ti, mas na verdade, a verdade é que eu passei os 5 meses inteirinhos pensando. E escrevi, e reescrevi e já estou escrevendo de novo, e de tanto pensar pensei enfim: será que em algum momento você pensou em mim?
Tanto faz, pois de tanto pensar, pensei por mim e por ti...

-r.

Nenhum comentário:

Postar um comentário