terça-feira, 4 de setembro de 2012


Então talvez eu também possa conseguir não é mesmo? Assim como você conseguiu, amar, e ser amado; proteger e ser protegido, chorar e suas lágrimas serem secadas, ou quem sabe talvez eu consiga alguém para ao menos oferecer-me um lenço, não vou exigir que sequem minhas lágrimas, eu consigo sozinha, quantas e quantas vezes por si só, já não as sequei? Inúmeras! Como as de hoje ao ver um casal por mim transitar, ao observar ao meu redor e enxergar as pessoas com seus pares, algumas com as mãos entrelaçadas, outras estampando sorrisos e gargalhadas, outras distraídas ao celular dizendo " Oi amor, como você está? " e até o passarinho que avistei no lindo céu tinha uma andorinha a lhe acompanhar.
Tudo bem, vamos ter calma não é mesmo? Porque talvez eu consiga... assim como você conseguiu.

Com esperanças,

-r.

Nenhum comentário:

Postar um comentário