domingo, 25 de dezembro de 2011

Fora do lugar ..

Tudo estranho, tudo novo e fora do lugar, seu quarto não era mais o mesmo, o quadro que ficava do lado esquerdo passou para o direito, sua cama foi para o outro lado ao qual ficava, o cheiro era novo, não havia mais nada que pudesse de mim lembrar, a parede que tinha meu nome ganhou tinta nova, o urso que sempre ficava em cima de sua cama não era mais o meu, agora era um grande e mais bonito e o meu foi parar no mesmo lugar que os outros, do lado mais escuro de seu guarda-roupa. Tudo deslocado para mim, senti-me perdida, a sua casa ainda era a mesma, mas nada de mim lembrava. Senti vontade chorar, mas resolvi controlar meu sentimentalismo bobo, pois de nada adiantaria eu e minhas lágrimas que você já deve estar cansado. Foi difícil demais retornar ali, eu poderia vendar meus olhos que mesmo assim saberia que estava chegando próximo de você, pois meu bobo coração disparou só em eu sair de casa e me deslocar até a sua, mas ao chegar ele acalmou-se, pois aquele lugar não era mais meu, um dia foi, mas agora não mais; não tens ideia do quão fiquei assustada, eu não sabia muito bem o que fazer, fui acostumada a chegar à sua casa e conversar com seus móveis, ligar o ventilador, colocar nossas músicas para tocar, apagar a luz e ir correndo deitar com você, mas agora não havia mais música, a luz permaneceu acesa, não cheguei perto de sua cama e alguns dos móveis eram novos e eu não soube me apresentar,é, eu não  faço mais parte de sua vida, está tudo novo e mudado, preciso pintar também as paredes de meu coração e mudar a tinta velha que você deixou, preciso entender que aquele lugar não é mais meu, mas ainda ando cumprindo nossas promessas e até mesmo suas duvidas de quando me perguntavas “por quanto tempo eu iria te amar” e eu dizia, ”muito, pro resto de minha vida” e você dizia, “ roberta roberta pro resto de minha vida é muito tempo” e eu sorria, mas parece mesmo que assim será, mesmo sabendo que você nunca mais retornará pela porta que saiu, tudo bem se não conseguiu por nós mudar e que foi mais fácil mudar as coisas de lugar, acho que tem que ser assim, você aí e eu agora deslocado.. tudo mudou, mas eu ainda amo você da mesma maneira.

-roberta laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário