terça-feira, 24 de julho de 2012

Fica !

Da janela de meu quarto, fico olhando tu esvaindo-se de mim, doce, suave como vento de chuva carregado de lágrimas.
Vejo-te indo, em prantos, tanto o meu quanto o teu coração, o teu por ir, o meu por ficar, ... Ah que mundo cruel e injusto! Olha como chora o som do violoncelo ao ver-te esvair-se de mim,
que mundo insano, que do amor só tem o pranto, por favor, não te vais de mim ..

- roberta l.

Nenhum comentário:

Postar um comentário