segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Um Anjo ..





Ele tentou voar, mas suas asas estavam machucadas demais para tentar vôo, então ele tentou se curvar para encostar-se em uma pedra e ali aliviar as dores de seu corpo, mas a pedra era áspera demais para evitar sofrimentos, então ele tentou de súbito levantar-se, porém seu par de calcanhares encontrava-se cortado, foi assim que ele percebeu que não tinha mais chão, nem céu, muito menos sabia o que ainda o apoiava, então ele tentou chorar, mas não vieram lágrimas, nem lágrimas; então ele resolveu apenas fechar os olhos e deixar-se morrer, porém a morte atrasou-se e decidiu mudar de caminho e buscar outra alma, nem a morte o queria, nem a vida o suportava, então ficou tangente entre elas, ele não tinha mais forças para viver, e estava frágil demais para se matar, então ficou a esperar, e esperou, esperou que o tempo curasse suas feridas, mas também esperou que o mesmo fosse gentil e lhe tirasse a vida, mas não houve morte nem vida, então ele continuou a esperar, e nessa espera ele não morreu, mas também não continuou vivo...


- roberta Laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário