sexta-feira, 5 de junho de 2015

Você deveria ser linda quando criança.


Desde a primeira vez que ti vi, não fiquei imaginando como era o seu presente, muito menos como seria seu futuro, pois pensei no passado, fiquei imaginando como você deveria ser quando criança... Olhando uma fotografia, vi que tinha razão, eu estava recoberta de uma linda razão: você era linda quando criança! O teu sorriso cortava uma pureza tão grande que ainda não consigo e nem conseguirei descrever com os verbos da língua portuguesa. E os teus olhos grandes como a lua cheia, emanavam abraços, aconchegantes abraços de quem acolhe o pecador que de joelhos pede desculpas, como você era linda quando criança! Penso eu que se pudesse voltar no tempo e tocar em tuas pequeninas mãos poderia ser curada da depressão do mundo aqui dentro da terra, totalmente desprotegida de tua infância, que estranho as pessoas não terem observado isso em talvez 1994, que estranho você só se revelar a mim nesse tempo tão descabido, tua infância. Será que vejo coisas? Se vejo, então eu te digo, eu vejo, eu vejo como você era linda, era linda quando criança...

Com ternura, 
- roberta laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário