terça-feira, 9 de junho de 2015

O dia mais feliz da minha vida - Super Nintendo.

Não que a plataforma da Nitendo precise saber, mas, o dia mais feliz da minha vida foi o dia do Nintendo... Ah! Um super nintendo! Mas antes do grande dia eu tive muitos dias de janela! Você não sabe o que são dias de janela? Bem, para mim dias de janela é aquele dia que cê fica olhando, as vezes contemplando, noutras esperando chegar, e meu dia de janela servia para ambos, pois era de uma janela que eu levantava meus pés ainda 32-33, para vê o super Nitendo reproduzir na tela do vizinho aquele sonho que saía num áudio rouco dizendo: "International, superstar soccer deluxe"!!! Deus do céu! O som daquilo era como a porta de um sonho para mim, era tudo tão colorido, e era de um colorido tão forte e de um som tão ecooso, ecooso, taí uma palavra que não existe mas naquele meu mundo de pés 32-33 existia, e como existia! Só era doloroso mesmo duas coisas: ver meu vizinho escolher sempre o Brasil, ora, eu queria escutar aquele narrador de luxo narrar o nome dos outros jogadores também! Eu era pequena, mas não era besta. E também doía quando eu só escutava o narrador e a droga da janela estava fechada, o idiota do meu vizinho estava jogando na área vip e de portas fechadas! Mas tudo bem, sempre há um amanhã e sempre havia a manhã seguinte, e bem, é um tanto quanto vergonhoso, mas eu já sabia as horas que ele ligaria aquele portal para o céu. Acho que aprendi a dirigir com o super nintendo, quando viajava vendo-o jogar "top gear" era meu segundo cartucho favorito sem nem ser meu, ah como era gostoso pilotar na pista a noite, e com chuva ainda, que máximo! Eu sentia aquela chuva pingar em mim, afinal, eu não estava dentro da casa então fingia estar assistindo a corrida na chuva. Que era chato mesmo era que meu vizinho só escolhia o carro vermelho, ora, eu era criança mas não era babaca, eu queria saber também como seria correr no carro preto ou no cinza, mas ele nunca escolhia, acho que o vermelho corria mais, gastava menos gasolina ou tinha mais nitro, não sei, nunca entendemos mesmo vizinhos, muito menos quando ele trocava o cartucho de "top gear" por "street fighter"... Sei lá sabe, eu nunca gostei de pancada, e aquele cartucho só era aquilo e ainda era ruim, ele tinha que perder o pulmão ali assoprando até a fita pegar, quando pegava. De fato era chato, eu saia da janela e ficava esperando a sexta-feira! Cê não sabe o que significava a sexta-feira? Sexta feira era o dia do cartucho do MÁRIO! SUPER MARIO WORLD! Ah, era um delírio só - ganhar vidas consegui cogumelo pegar pena conseguir um yoshi voltar para a fase e poder voar! Ufa! Até que enfim parei de falar sem vírgulas, o ar me faltava também em dia de sexta-feira! Uma vez fiquei assistindo na chuva, o vizinho estava tão distraído que esquecera de fechar a janela e eu de ir pra casa, ele estava tão perto, ele já ía zerar, faltava tão pouco, era só mais um chefão e o Mário salvaria para sempre aquela linda princesa e o fantástico mundo de Mário ficaria colorido, todo colorido e diferente, taí diferente, eu gostava dessa palavra, acho que por isso que gostava mais do Luigi, mesmo meu vizinho escolhendo sempre o Mário. Acho que não preciso mais contar sobre como quando eu ganhei o meu super Nitendo, perderia a graça, afinal eu jogava com os pés agora já 33-34 descansados, sempre na minha hora predileta, qualquer hora!

A plataforma da Nintendo não precisa saber, mas com amor,

-  roberta laíne. (aos 11)

2 comentários:

  1. Passei so por curiosidade pelo teu blog e acabei perdendo a porta de saída, rs. Muito bom! Em especial esse. Sempre teve talento, mas é evidente sua evolução. Parabéns! Abçs!

    ResponderExcluir
  2. Own minha amiga muito muito obrigada *-* até me surpreendi com seu comentário, grande saudades de você, das nossas nerdices, das nossas brincadeiras com as situações difíceis e de nossos comentários sobre a melhor série do mundo: The O.C Um Estranho No Paraíso. Engraçado como a vida dá umas rotações estranhadas e vezes engraçadas, algumas pessoas saem outras vão e voltam e outras sempre ficam, obrigada por ainda está por aqui nessa minha vida meio reclusa e pacata e mesmo assim você aí, ou melhor, aqui, nesse lugar bonito que construí em meu coração. Eu que ia apenas responder o comentário criei foi uma carta rs, queria eu ser tão sucinta! Nunca esqueço da nossa troca de presentes dos dias 16 e 17, dia 16 de abril aniversário da Ju. Dia 17 de abril da Rob rs

    Saudade absurda,

    Com carinho, eu.

    ResponderExcluir