quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Sou


Sou um pedaço do nada misturado de vazio,
Sou a inquietude e a volubilidade
Sou teu pior sonho e a mais triste realidade.

Sou a desordem e o caos,
Sou a discórdia e o mal
Sou a mais triste melodia, tanto da noite quanto do dia.

Sou a incapacidade e o fracasso,
Sou quem te tira o sono e a alegria
Não sou sorriso, sou pura melancolia.

- roberta laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário