domingo, 4 de outubro de 2015

Acho lindo a escuridão, vejo uma luz onde as coisas se apagam...
Há um malabarismo na tristeza, ela rotaciona de cabeça em cabeça e fica girando até apunhalar o mais vulnerável. O lado bom de tomar antidepressivos é que você não precisa usar cocaína, heroína ou craque para ter alucinações. O lado ruim de tomar antidepressivos é que você também não precisa usar nenhuma delas para entrar numa bad, a pior bad, antidepressivos contraditoriamente causam depressão. Isso não faz muito sentido, mas, o que ultimamente anda fazendo sentido no mundo? A internet? A democracia? A globalização?
Olha, se algum ser de outro planeta um dia ler isso, quero que saiba que a terra está invivível, e não tente procurar no dicionário, pois se trata de um neologismo, mas procure neologismo que talvez invivível faça mais sentido. E para piorar não consigo vê saída, há anos venho dizendo que a terra está doente, mas ninguém me escuta, ninguém lê esse blog, não sou presidente, não sou alguém que as pessoas conheçam, não sou da capital, nunca viajei para fora do Estado ou do País, minha voz é calada, só falo através de palavras escritas então vou informar ao menos para os seres das outras dimensão que pesadamente a terra está com câncer, em metástase, quase 7 bilhões de células espalhadas por todo seu corpo - está com febre, está quente, está perdendo cabelo sem ter começado a quimio, sua visão está turva, mesmo contudo caro seres, estamos aqui, nos tornamos inquilinos que há anos não pagamos mais aluguel, uns pagam, outros não, e a gente vai invivendo aqui dentro e ela se arrastando, e é por isso que acho lindo a escuridão, vejo sempre uma luz onde as coisas se apagam.

As outras dimensões

- roberta laíne, terra, 23 anos, século XXI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário