quinta-feira, 24 de abril de 2014

Não tenho poesia para todos, mas tenho poesia para os que sofrem ...

intrepidamente,

- roberta laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário