segunda-feira, 16 de abril de 2012

Stop !

Então chega uma hora que a gente para! Assim mesmo, pausado e com vírgulas, de uma hora pra outra, ou quem sabe talvez o corpo vem se moldando de mansinho até parar e para! Para de querer mudar o mundo, para de querer mudar, para de querer parar e simplesmente para! E eu? Eu parei, e tente interpretar da melhor maneira, pois até de explicações, eu acabei de parar.

- roberta laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário