sábado, 12 de janeiro de 2013

Quando eu era pequena, tudo parecia grande, assim bem grande, quase perto do gigantesco ou do tamanho do universo. Imaginava que papai tinha 3 metros de altura e mamãe 2,5 ou o inverso, e meu maior sonho era conseguir enxergar o ponto mais alto da casa, o auge da 'grandetude' de um objeto, o tão sonhado e para mim inatingível: congelador da geladeira de mamãe!
Aquilo tudo parecia uma espécie de sonho, que fazia o frio e meu picolé ganhar consistência, transformava água em cubinhos de gelo e me deixava bem mais próxima de papai noel. 
Porém era alto, alto demais pra eu ver a magnitude de tudo aquilo, só papai e mamãe eram contemplados para ver o que lá se gerava ou havia. Pensava eu em pedaços do pólo norte e também do pólo sul, de onde se vinha a neve,
tudo feito ali, gerado ali,

Quando eu era pequena, tudo parecia grande, assim bem grande e gigantesco. E o pólo norte e sul tinham pedaços guardados, bem guardadinhos, na geladeira de minha mãe ..

- roberta laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário