sexta-feira, 4 de janeiro de 2013


Vencida. Parei de correr, e me pus a olhar lentamente para a chuva que bailava em mim; era absurdo, percebi seu pranto oculto de saudade, toquei-a e senti uma brandura extrema, era como se fossem pedaços, pedaços de Deus em minhas mãos, que eu podia chacolhar ou deixar cair sobre aquele chão frio e bruto. Mas segurei-a e sorri deixando-me molhar  por completa, nesse momento pedaços de você me abraçaram.. Mais uma vez você,  na chuva que me banhava,

eram pedaços de Deus sobre minhas mãos ..


-roberta laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário