segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Gostava disso,
gostava daquilo,
gostava daquilo outro;
gostava de tudo,
mas não tinha absolutamente nada.

Nada.

- roberta laíne.

Nenhum comentário:

Postar um comentário