domingo, 14 de abril de 2013

[...]

Gosto do estranho, do não notável, peculiar, do deslocado e frouxo, desalinhado, e embaraçoso...  
Fora de ritmo, 

Acho que gosto de mim.

r.

Nenhum comentário:

Postar um comentário