quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Até entendo,
são os meus erros não é mesmo? Meus erros, sempre
os meus erros, tem também a minha chatice não é? Ou deva ser a minha desordem,
agoniante, jeito estranho de fazer as coisas, é... e ainda tem minha calmaria
nos momentos difíceis, mas meu jeito, sempre o meu jeito, e sei que deve ser
difícil pra você tentar amar uma pessoa como eu, com este meu jeito,
Então aconselho-te,
procure alguém com outros trejeitos, porque este
jeito de meu jeito, nem eu posso aguentar,

- Adaptado por caroline freitas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário