sábado, 12 de março de 2011

Inversamente proporcional


Quanto mais você se distancia mais eu me aproximo
Quanto mais você me menospreza mais eu te valorizo
Quanto mais você mostra-se demônio mais vejo-te como anjo
Quanto mais você se esconde mais eu te procuro
Quanto mais você se omite mais eu omitir-te-ei nos meus versos
Quanto mais você se opõem mais eu me atraio
Quanto mais você rir mais eu choro
Quanto mais você desisti mais eu luto
Quanto mais você me odeia mais eu te amo
Quanto mais você vive mais eu morro, morro de amor por você,
Quanto mais...?

Roberta Laíne ,!

4 comentários: